Halle Berry quer diminuir pensão alimentícia do ex para fazê-lo trabalhar

HalleBerryPensãoalimentícia

Foto - Reprodução/eurweb

Pensão alimentícia é um assunto que gera brigas e desentendimentos em casais que estão em processo de separação. Esse período que ja é conturbado, exige uma negociação minuciosa, quanto ao valor que deverá ser pago para ajudar a criar os filhos. E é por causa da pensão que a atriz Halle Berry (48), está recorrendo à Justiça.

Ela paga o valor de 16 mil dólares (hoje equivalentes a cerca de 39 mil reais) ao ex-marido, o modelo canadense Gabriel Aubry (39), para ajudar na criação de sua filha Nahla Ariela (6).

Halle quer cortar a pensão em mais de 80%, alegando que o homem em questão, é perfeitamente capaz de arranjar trabalho. A atriz afirma que Aubry simplesmente parou de trabalhar para viver da pensão dela, em vez de investir o dinheiro na educação e nos cuidados com a filha.

Ela anunciou que estava se separando do modelo em abril de 2010. Já em 2012, foi determinado que eles teriam guarda compartilhada da garota e, em 2014, que a atriz deveria pagar a pensão, além de 115 mil dólares e outros 300 mil dólares pelos gastos do ex com advogados.

Agora, Halle Berry quer diminuir a pensão mensal, para 3 mil dólares (aproximadamente 7,3 mil reais), de acordo com o portal "TMZ". Pela última decisão do juiz, esse valor deve ser pago até que Nahla complete 19 anos ou conclua o Ensino Médio, o que ocorrer primeiro.

A atriz teve sua segunda criança, o menino Maceo, em maio de 2013. Ele é fruto do relacionamento com o ator francês Olivier Martinez, com quem Berry começou a namorar em 2010 e com quem se casou em julho do ano passado.

Algumas dúvidas sobre pensão alimentícia já foram esclarecidas aqui no VilaMulher. Se você quer saber mais sobre o tema, confira nossas outras matérias no Leia Também.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: halle berry pensão alimentícia pensão