Filho fora de casa: o que fazer no tempo livre?

Filho vai viajar o que fazer no tempo livre

Foto: FreeDigitalPhotos http://bit.ly/JHVdLe

As férias chegaram e seus filhos vão viajar, passarão uns dias em colônias de férias, na casa dos avós ou tios ou com a família de um amigo. E nessa hora você pensa: o que fazer com o tempo livre? Como as mães passam o ano correndo de um lado para o outro para dar conta da rotina familiar, essa é a hora de parar e aproveitar o tempo livre para atividades pessoais.

Tirar algumas horas para cuidar de si, fazer aquela limpeza de pele ou tratamento estético que foi adiado pela falta de tempo; sair com amigas que há tempos não vê para conversar e rir por horas; finalizar o livro que ficou pela metade ou a pilha de revistas femininas guardadas para quando sobrasse tempo.

Assistir aquele filme ou peça teatral cult ou de conteúdo impróprio para menores que você abriu mão em detrimento aos programas familiares também é ideal enquanto as crianças estão fora. Passar horas assistindo seus seriados ou programas femininos favoritos sem interrupção ou ter que dividir a TV com a programação infantil também é um desejo das mães.

E namorar? Namorar seu marido ou companheiro sem pressa, conversar todos os assuntos sem precisar de códigos, caminhar de mãos dadas ou simplesmente dormir juntinhos até mais tarde ou no meio do dia, coisa quase impossível quando se tem filhos.

Quem ainda está planejando a viagem de férias, deve orientar os filhos quanto aos gastos com transporte, alimentação, passeio e compras. Explique que é fundamental ter o controle e disciplina financeira. Monte com ele uma planilha de gastos e mostre que é indispensável controlar o bolso com muita responsabilidade sempre respeitando seus limites.

Utilizar cartões pré-pago, que têm limites de gastos pré-determinados, é uma ótima forma de controlar as despesas do filho, que não poderá extrapolar os gastos e o orçamento pessoal da viagem. Se a viagem é internacional, o cartão de débito é também uma alternativa vantajosa pois, neste caso, a incidência de IOF cai de 6,38% para 0,38%.


Planejamento é essencial, portanto quanto antes começar a organizar a viagem, menor será o esforço mensal para atingi-lo. Se o intercâmbio é algo que você gostaria de oferecer ao seu filho, mas este ainda é muito pequeno, pense em opções de investimento para prazos mais longos.

Por Carmem Sanches

Comente

Assuntos relacionados: férias filhos mães viagem limpeza de pele