Facebook e Apple pagam por congelamento de óvulos das funcionárias

congelamentoóvulos

Foto - Shutterstock

A Apple e o Facebook tomaram uma decisão curiosa: decidiram arcar com os custos do congelamento de óvulos de suas funcionárias. A ideia é que elas adiem a vontade de ser mãe, não precisando se ausentar das empresas.

Em termos práticos, quando as mulheres congelam seus óvulos cedo, as empresas podem economizar com custos da gravidez a longo prazo. No entanto, o congelamento não é nada barato. Uma coleta de óvulos pode custar, em média, US$ 10 mil e são necessários, no mínimo, duas fecundações.

Para as mulheres, a medida pode significar um avanço no plano de vida. Se aos 20 e poucos anos elas congelam os óvulos, e por volta dos 35 surge uma promoção, elas não precisam se preocupar em optar por um ou outro, podendo esperar para ter o filho com saúde no futuro.

"O congelamento de óvulos oferece uma boa chance de mulheres com mais de 40 anos terem uma gravidez saudável, sem enfrentar o horror de abortos repetidos, o que tende a ocorrer por causa da idade e baixa qualidade do óvulo," explica o especialista em fertilidade do Reino Unido, Dr. Gillian Lockwood. Especialistas esperam que nos próximos 30 anos, o congelamento de óvulos se torne um processo normal na vida das mulheres.


Por Helena Dias

Comente

Assuntos relacionados: maternidade congelamento de óvulos