Documentário retrata histórias de mães solteiras

mães solteiras

foto reprodução: Youtube

"É isso o que eu tenho, o pai e a mãe em uma pessoa só". A frase compõe um relato de uma das várias mulheres que fazem parte do documentário "Mães Solteiras", que exibe e proporciona reflexão sobre a vida daquelas que criam os filhos sem a presença do pai biológico. Produzido e idealizado pelo jornalista e cineasta Ulisses Rocha, o filme torna público depoimentos densos sobre como as mulheres conseguiram romper os paradigmas da sociedade e se tornaram mães com papel duplo ao criar os filhos.

As personagens se voluntariam ao contar detalhes íntimos de relacionamentos que não evoluíram, como o abandono e a submissão masculina, mas não desistiram de seguir em frente com a gravidez, mesmo com oportunidades de fazerem aborto como muitas relatam.

Sem conseguir captação pela Lei Rouanet, Rocha comprou os equipamentos de filmagem e contou com a ajuda de amigos que atuam no jornalismo e cinema para a realização do projeto, que durou cinco anos entre roteiro e finalização da edição, concluída este ano.

"Mais que um filme, ‘Mães Solteiras’ se transformou em um projeto de pessoas que acreditaram na essência do que é ser mãe solteira, que na minha opinião são mulheres guerreiras que mostram toda a sua força na criação de um filho, diante do abandono dos pais biológicos", descreve Rocha.

Rocha decidiu não comercializar o filme, mas sim torná-lo documento público, para que o maior número de pessoas possível possa ter acesso às histórias e proporcionar uma reflexão sobre ao resultado a vida dessas mulheres que se desdobram na criação dos filhos com ternura e compaixão. Assista pelo Youtube:

Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: filme documentário mães solteiras