Puerpério: a fase delicada do pós-parto

purpério

Foto - Shutterstock

Resguardo, quarentena... A fase pós-parto, geralmente conhecida por esses nomes, tem um termo certo para ser chamada: puerpério.

"O puerpério compreende o período de 6 a oito 8 semanas pós-parto, nas quais a mulher se recupera, se adapta psicologicamente à nova rotina, começa a amamentar e estabelece a relação mãe-filho",explica Paula Fettback, ginecologista, obstetra, especialista em reprodução humana da Clínica Mãe, em São Paulo.

O puerpério é dividido em 3 subfases: imediato, tardio e remoto. A primeira fase corresponde ao período entre o 1º e 10º dia pós-parto. Nessa fase, o corpo se esforça para fazer o organismo voltar a funcionar normalmente. O tardio vai do 11º ao 25º, quando ocorre a recuperação dos órgãos e genitálias maternas e do 25º ao 40º, quando acaba a loquiação (sangramento pós-parto) e a mulher volta a ter função reprodutiva.

Além de todas as mudanças físicas, o lado emocional da mulher também fica bastante sensível por causa das oscilações hormonais. "Esse é um período em que a mulher tem que lidar com a insegurança em relação a cuidar do bebê recém-nascido, a concretização do sonho de gestação e uma vida nova, que trará mudanças importantes e permanentes na vida da mulher e do casal", explica a especialista.

Os primeiros meses da maternidade fazem com que o puerpério seja um momento de muita instabilidade emocional, sendo importantíssimo o apoio do obstetra, pediatra e, principalmente, da família.

"A presença e apoio da família neste momento tão delicado é sempre importante. A mãe precisa se sentir segura, confortada e amada. Desta forma, ela irá enfrentar este momento delicado sem grandes dificuldades", aconselha a doutora.Havendo suspeita de depressão pós-parto é imprescindível que seja identificada e tratada precocemente para que possíveis complicações maiores sejam evitadas.


Por Helena Dias

Comente

Assuntos relacionados: purpério parto

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?