Parto Ativo: mãe como protagonista

Parto Ativo mãe como protagonista

Não é o médico ou a parteira que fazem o bebê nascer, mas sim a mãe. Esse tipo de parto se chama Parto Ativo. A mãe escolhe tudo: qual a melhor posição para parir, o que fazer, o que não quer fazer, comer ou não comer, enfim ela é a protagonista no parto.

Claro que não existe o Parto Ativo sem uma equipe. A indicação é que junto com a mãe esteja um acompanhante (o pai do bebê ou outro por ela escolhido) e alguém que possa verificar se tudo está bem sem intervir no processo natural do nascimento.

Cristina De Melo que é técnica em enfermagem e doula, acompanhante de parto que oferece suporte afetivo, físico, emocional e de conhecimento para as mulheres, explica que todas as mães podem ter um parto ativo. "Todas as mulheres têm capacidade de parir, o corpo delas foi feito para isso, elas só precisam de apoio!"

A indicação de Cristina para quem pretende ter um filho de Parto Ativo é que participe de cursinhos para gestantes durante a gravidez, e que conte com a ajuda de uma doula para ensinar técnicas e posições que elas podem usar no parto. "Mães, vocês tem 9 meses para se prepararem para o parto e a chegada do bebê, esse tempo não serve apenas para decorar o quarto e comprar o enxoval, é obrigação da mãe ou se for um casal, do casal, de se preparar!"

Por Larissa Alvarez

Comente

Assuntos relacionados: filhos gestação parto normal parto