Os benefícios da gravidez após os 40 anos

A idade e a maturidade da mãe trazem benefícios aos filhos
gravidez-tardia

Foto - Shutterstock

Ivete Sangalo recentemente deixou bem claro que tem vontade de engravidar novamente. Ela e o marido, Daniel Cady, estão tentando pelos métodos tradicionais e a cantora de 42 anos disse que não teria problemas em recorrer a tratamentos para dar um irmão ao primogênito, Marcelo, 5. Carolina Ferraz foi outra que anunciou a gravidez aos 46 anos de idade.

Depois dos 40 anos, a quantidade de óvulos produzidos pelos ovários diminui, por isso a maioria das mulheres tem dificuldades para engravidar. No entanto, a gravidez depois dos 40 traz alguns benefícios para os bebês, sabia? Para começar, apenas o fato de você já estar mais madura, já ter curtido bastante e nesta fase estar ainda mais afinada com o parceiro, já tornam a maternidade melhor e deixam os desafios mais fáceis de serem encarados.  Nada como a maturidade.

Algumas pesquisas também mostram que as mães quarentonas têm mais paciência e disposição para amamentar, além de serem mais rigorosas com a alimentação dos filhos, evitando alimentos industrializados e doces em excesso. 

A questão financeira também é bem diferente. Aos 40, sua carreira está mais sólida e estabilizada, provavelmente está ganhando um salário maior e teve mais tempo para poupar dinheiro. Provavelmente também já tem casa própria e uma poupança bem gordinha. Esse cenário dificilmente acontece aos 20 e poucos, 30 anos.

O fato das preocupações financeiras serem menores também mostra que os pais depois dos 40 tendem a dar mais atenção aos filhos, já que podem se dedicar menos ao trabalho e também não fazem tantas horas extras e coisas desgastantes para garantir um emprego. Ou seja, a maternidade após os 40 pode ser mais difícil de acontecer, mas com certeza, é mais plena.


Por Helena Dias

Comente