O momento certo para a plástica pós-gravidez

O momento certo para a plástica pósgravidez

Depois de uma gravidez é fato que o corpo da mulher demora para voltar a ser o que era antes da gestação. Ansiosas, algumas mulheres querem correr logo para a plástica, mas isso pode ser perigoso.

O cirurgião plástico Ubirajara Martinelli conta que já perdeu as contas de quantas mulheres chegaram ao seu consultório com as mamas cheias de leite e já querendo recuperar as formas. “Isso um grande erro. O corpo da mulher está completamente fora do estado normal, portanto qualquer cirurgia feita nesse período tem um risco muito grande de ter deformidades no futuro, ou seja, resultados ruins.”

De acordo com o cirurgião plástico, é necessário esperar seis meses após parar de amamentar, e não do parto, para passar por qualquer tipo de intervenção cirúrgica. “Viu o que aconteceu com a esposa de um cantor americano (Usher) em São Paulo? Pois bem, a moça tinha só quatro meses de pós-parto.” (A esposa do rapper, Tameka Foster, sofreu sérias complicações durante uma cirurgia plástica realizada no Brasil no início de fevereiro)

Algumas cirurgias devem ser feitas somente após o final da fase reprodutiva da mulher. Martinelli dá como exemplo a plástica do abdômen, pois essa é uma cirurgia de resultado permanente. No caso das cirurgias de mamas, fazer antes da segunda gravidez pode ou não ser uma boa opção. Isso depende do tipo físico da mulher. “Quem tem tendência à flacidez possivelmente vai precisar de outra após uma nova gravidez.”

O médico conta que a mamoplastia parece ser a cirurgia preferida das novas mães, já que é muito comum que as mulheres passem pelo procedimento mesmo quando ainda pretendem ter outro filho. “Credito isso ao fato das mamas serem a expressão máxima da feminilidade e se as mamas estiverem bem o resto pode esperar um pouco.”

Por Larissa Alvarez

Comente