O impacto da junk food na gravidez

Comer junk food na gravidez pode fazer com que seu

Muito se fala sobre o impacto da alimentação da mãe, durante a gestação, na saúde do bebê. Mas uma pesquisa mostra que o que você come pode influenciar também os hábitos alimentares do seu filho. Um novo estudo revela que mulheres que comem muita junk food durante os nove meses têm mais chance de ter filhos que gostem desse tipo de comida.

Para a pesquisa, publicada no jornal científico FASEB, cientistas da Univeristy of Adelaide, na Austrália, os cientistas estudaram dois grupos de ratos durante a gravidez e lactação. Uns foram alimentados com ração normal e outros, à base de uma dieta rica em gordura e açúcar. Depois que os filhotes dos ratos foram desmamados, os dois grupos de filhotes ficaram livres para escolher suas próprias dietas e aqueles cujas mães ingeriram junk food eram mais propensos a optar por alimentos gordurosos.

A conclusão do estudo é que, desde a formação do feto, já se inicia a programação dos hábitos alimentares. Ou seja, a criança já teria uma tendência de ter o paladar mais voltado à junk food, mas os hábitos alimentares não são definidos somente por isso, mas também por fatores como a cultura, o ambiente onde vive e o paladar.


De qualquer maneira o estudo vale como mais um alerta para a importância da alimentação saudável!

Por Larissa Alvarez

Comente