Mudanças de pele durante a gravidez

gravidez

Foto - Shutterstock

Durante a gravidez a pele pode sofrer modificações fisiológicas responsáveis pelo aparecimento de sinais e sintomas característicos do período, que normalmente desaparecem completamente nos meses ou semanas seguintes ao parto.

Confira quais são essas alterações de acordo com a dermatologista Dra Daniela Schmidt Pimentel :

Aumento da pigmentação

As alterações pigmentares são as mais frequentes, podendo ocorrer em até 90% das mulheres nesta fase, atingindo as regiões da face, seios, axilas, região genital e face interna das coxas, principalmente nas pacientes de fototipo mais alto.

A mais característica alteração pigmentar da gestante é a ‘linha nigra’, que é uma linha escura que aparece no abdome e vai do estômago à região pubiana. Ocorre também o escurecimento e alargamento dos mamilos.

Outros tipos de manchas, como as sardas e os nevos melanocíticos (pintas ou sinais) também sofrem influência na gestação podendo escurecer e aumentar de tamanho.

Pele do abdome e dos seios fica tornar tensa e frágil

Com o aumento do volume,existe maior conteúdo hídrico na derme e hipoderme, o que pode ocasionar edema, principalmente nas extremidades a partir do segundo e terceiro trimestre.

Pele do rosto fica viçosa e rosada

Mais hidratada e irrigada a pele vai dar um aspecto jovial à gestante. Porém, em algumas peles com tendência a oleosidade pode surgir cravos e espinhas.

Queda de cabelo

Tem início entre o segundo e o sexto mês pós-parto e seu tempo de duração é de aproximadamente três meses, podendo chegar a um ano. Casos que já possuem antecedentes familiares com Alopecia Androgenética, precisarão de tratamentos mais específico.

Unhas crescem rápido

Em compensação,durante a gestação e algumas mulheres podem apresentar aumento da fragilidade, estrias transversais, manchas brancas, escurecimento ou descolamento da unha, geralmente transitórios e que regridem após o parto.

Surgimento de estrias gravídicas

Ocorrem em 90% das gestantes e surgem no terceiro trimestre, geralmente no abdome, mamas, coxas e glúteos."Durante a gestação é possível realizar a microdermoabrasão, que é um peeling físico, que não tem contraindicação em gestantes", esclarece a dermatologista.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: pele gravidez