Idade da mulher é principal causa de infertilidade

Idade da mulher ainda é a principal causa de infer

Foto/ Dreamstime

A idade da mulher ainda é a principal causa da infertilidade do casal, segundo dados de pesquisa. Para evitar isso as mulheres precisam ser alertadas que o ideal é engravidar até os 35 anos. Mas congelar óvulos é uma opção para quem quer adiar a gestação.

O ginecologista-obstetra especialista em medicina reprodutiva Dr. Arnaldo Schizzi Cambiaghi aponta que os papéis estabelecidos no mercado de trabalho fizeram com que as mulheres dedicassem de forma intensa à vida profissional, aumentassem a exigência de um parceiro ideal para ser o pai de seus filhos e acabassem por retardar o nascimento e a busca do primeiro herdeiro.

"Essas mulheres que adiam a gestação para priorizar a carreira e a estabilidade financeira buscam o seu primeiro filho em uma idade mais avançada e esse desejo só é possível para elas numa idade superior à ideal, ou seja, próximo aos 40", afirma o médico.

Porém, a idade avançada se tornou a dificuldade principal para engravidar com os próprios óvulos e não com óvulos doados. O médico ressalta que, atualmente, a cada seis gestantes atendidas no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, uma tem mais de 35 anos. Já no Laboratório Fleury, em São Paulo, 35% das gestantes têm mais de 35 anos e 15% mais de 40, segundo publicação na Revista "Fleury - Saúde em dia". No Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia, IPGO, as mulheres maduras já representam até 60% dos casais que buscam ter seu primeiro filho.

O especialista afirma que a literatura médica aponta evidências muito bem estabelecidas na literatura de que ocorre uma diminuição da fertilidade da mulher após os 35 anos, por uma série de fatores, chegando a cair em 50% dos 25 aos 35 anos. "Com o passar do tempo a chance de uma gravidez espontânea vai caindo naturalmente, sendo mais frequente a necessidade do uso de técnicas de reprodução assistida e, ainda assim, podem ter menor chance de sucesso", afirmou.

Hábitos saudáveis

O especialista lembra que hábitos saudáveis e estilo de vida são importantes. Manter o peso ideal, praticar exercícios físicos, não fumar, não beber, tomar pouco ou nenhum café, evitar alguns peixes e proteína animal e tomar vitaminas tem um impacto significativo nas causas de infertilidade.


Relações sexuais com hora marcada

As relações sexuais com hora marcada e na época certa da ovulação são importantes, mas podem causar algum prejuízo ao lado romântico das relações afetivas. São detalhes, mas podem fazer a diferença no dia a dia de um casal. Entretanto, apesar de todas essas medidas, é inevitável a queda natural da fertilidade da mulher ao longo dos anos.

Por Catharina Apolinário

Comente