Gravidez e dor nas costas: como prevenir?

Gravidas

Foto - Shutterstock

Gerar um filho é um prazer imensurável. Quando grávidas sentimos de tudo; enjoo, câimbras, incomodo ao deitar... mas a nossa principal reclamação não deixa de ser a dor nas costas. Com o peso da barriga, a postura da mulher se altera em busca de equilíbrio, afetando as costas, quadris, joelhos e tornozelos.

Segundo a fisioterapeuta Angela Lepesquer, do Instituto da Coluna Vertebral (ITC Vertebral), o aumento do peso associado à produção de hormônios favorece o aumento da instabilidade das articulações. Consequentemente a dor aumenta.

A distensão dos músculos abdominais causada pelo crescimento do útero também favorece a diminuição da força destes músculos, resultando no aumento da sobrecarga e falha na estabilidade principalmente da coluna lombar.

O deslocamento do centro de gravidade faz um aumento da curva na região lombar e pode causar dores, compressões de nervos e contraturas musculares.

Por isso, o preparo da saúde das futuras mamães pode fazer toda a diferença nesse estágio, inclusive, para reduzir inchaços, evitar lesões e alterações respiratórias.

Tratamento

Para auxiliar as pós-gestantes e a população em geral, a ABR Coluna resolveu criar a cartilha Dr. Coluna, que traz 36 páginas com dicas de posturas para o dia a dia. São posturas que devem ser seguidas por todas as pessoas, inclusive, pelas gestantes, como forma de contribuir para um melhor alinhamento postural e relaxamento de possíveis áreas sobrecarregadas. O material pode ser acessado pelo site ITC Vertebral


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: gestação dor dor nas costas gravidez