Grávidas X Tintura nos cabelos

Foto Divulgação

Desde o tempo de nossas avós, muitos mitos envolvem as gestantes. A impossibilidade de realizar qualquer processo químico nos cabelos, por exemplo, é um mito ou verdade?

O uso de tinturas por grávidas causa controvérsias e não é recomendado por muitos médicos. A precaução é pelo fato do couro cabeludo ser muito vascularizado e, portanto, há o risco da química da tintura cair na corrente sangüínea da mãe e ser tóxica para o bebê.

Mas, de acordo com o ginecologista e obstetra Alfonso Massanguer, existem fatores que vão além do enjôo. Portanto, as proibições têm fundamento. "No passado, as tinturas para cabelos continham muita amônia e substâncias peratogênicas, que poderiam causar má formação do feto. Atualmente, não há indícios de que as tinturas modernas façam algum mal. De qualquer forma, recomendo que as grávidas esperem o fim do primeiro trimestre de gestação, fase de formação do feto, para realizar qualquer processo químico", explica o especialista.

O ideal é que a grávida consulte seu médico sempre que for realizar alguma ação fora do seu cotidiano. Não é só nos processos químicos capilares que as substâncias peratôgenicas são encontradas. De fato, a gravidez não é o período ideal para experimentações, principalmente as que possam provocar efeitos alérgicos. Fique atenta !

Comente