Foto emocionante mostra realidade do pós-parto

Pós-parto sem máscaras! Entenda porque a foto desta mãe emocionou a internet
pós-parto foto emocionante

Foto - Reprodução/Facebook/Danielle Haines

A foto de uma jovem mãe viralizou na internet nesta semana. Na imagem, enxergamos uma mulher cansada, brava, feliz e principalmente confusa; tudo isso ao mesmo tempo. É este mix de sentimentos que tomou completamente note-americana Danielle Haines, que vive no Texas. O registro sincero mostra a experiência que Danielle teve em seus primeiros - e difíceis - dias de pós-parto, em novembro de 2014.


Ter sentimentos de angústia, solidão e medo está se tornando cada vez mais comum entre as mulheres que acabaram de ter filhos. Danielle sentia-se péssima em casa com o bebê, até que sua irmã foi à sua casa levar o jantar que proporcionou uma boa conversa.

"Eu estive exatamente onde você está", disse Sarah. "Você está tão crua e tão bonita", disse. Depois dos elogios ela pediu para tirar uma foto e foi aí que a 'mágica' começou. A identificação e o apoio dos internautas foi tanto que a foto foi compartilhada por 23 mil pessoas no Facebook.

De acordo com ela na sua própria publicação no Facebook, os momentos que seguiram o nascimento do seu filho a deixaram 'fora de si'.

"Eu amava o meu bebê; eu sentia falta do meu marido (ele tinha voltado a trabalhar naquele dia); eu estava brava com a minha mãe; meu coração doía pelo meu irmão, porque minha mãe nos deixou e eu carregava um bebê que se parecia com ele; meus mamilos estavam rachados e sangrando; meu filho estava com fome e eu não conseguia amamentar; eu não dormia desde o trabalho de parto; minha vagina estava dolorida de ficar sentada por tanto tempo... Eu estava ficando fora de mim", disse.

pós-parto foto emocionante

Foto - Reprodução/Facebook/Danielle Haines

Após o apoio ela comentou: "Isso é pós-parto de verdade, mamães", afirmou. "Não foi fácil, mas eu me senti tão confortada e me lembrei que outras mulheres já enfrentaram essa etapa da maternidade. E eu superaria isso também", relata. 

Por Thamirys Teixeira

Comente