É recomendado praticar Yoga na gravidez?

yogagestação

Foto - Shutterstock

A ansiedade faz parte da gestação. Embora essa sensação seja considerada normal, estudos indicam que o nascimento prematuro, o baixo peso ao nascer e problemas de desenvolvimento na infância estão ligados ao excesso de estresse na gravidez. Praticar Yoga pode ajudar!

A prática vem da filosofia oriental e busca saúde por meio da respiração e exercícios corporais. Um estudo realizado pelo Centro de Investigação em Saúde Fetal da Universidade de Manchester, no Reino Unido, comprovou cientificamente que a ioga reduz o estresse e a ansiedade das gestantes.

Para a professora e especialista em ioga para gestantes Kátia Barga, de São Paulo, a prática estreita o vínculo entre mãe e filho. "Durante as aulas, a mulher reflete sobre a gestação e compreende as mudanças, o que a deixa mais segura", complementa Kátia.

Além da melhora no equilíbrio mental, a ioga também estimula a flexibilidade corporal e ajuda a gestante a manter uma boa postura, prevenindo as dores nas costas, além de preparar o assoalho pélvico para o parto normal.

De acordo com a ginecologista e obstetra Karen Camarotto, de São Paulo, a ioga aumenta a circulação sanguínea, diminuindo inchaço tão comum no fim da gestação. Como os exercícios de respiração fazem com que o coração bata mais depressa, os rins também passam a funcionar mais rápido, minimizando a retenção de líquido, que provoca o inchaço.

Para alcançar os benefícios da ioga, é necessário regularidade nas aulas. Kátia aconselha que a gestante faça aula, no mínimo, duas vezes na semana.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: yoga ansiedade gravidez