Como lidar com a fome e desejos durante a gravidez?

Veja dicas para lidar com a fome na gravidez e não engordar muito
gravida-desejo

Foto - Shutterstock

Um dos sintomas mais comuns na gravidez, para todas as mulheres, é a fome. A sabedoria popular diz que a gestante tem um maior apetite por “comer por dois”, mas já se sabe hoje que isso não é verdade. Comer por dois desencadeia um maior peso, que pode trazer diabetes e hipertensão para a gestação. Mas por que a mãe tem tanta fome? 

O gasto calórico durante a gravidez, até o fim, é de 80 mil calorias. Ou seja, para que o feto se desenvolva com saúde e o corpo da mulher receba bem a gestação, é preciso um maior consumo alimentício. Com as alterações endócrinas na gravidez, a gestante sente uma maior vontade de comer. O gasto calórico diário é de aproximadamente 300 calorias, sendo que no início da gestação esse número é maior, para promover um estoque de gordura. Para equilibrar a necessidade por calorias, o organismo da grávida promove a sonolência e “moleza”, para que a gestante gaste menos energias, além da fome. Tudo para que o bebê receba os nutrientes adequados e cresça com saúde. 

É preciso um acompanhamento rigoroso com o ginecologista e obstetra para adequar o ganho de peso na gestação ao corpo da mulher. Recomenda-se que, no total, a gestante ganhe até 11 kg. Mas isso depende do peso no início da gravidez. Por isso, é preciso ter controle sob a alimentação. Apesar dos desejos frequentes por alimentos gordurosos ou açucarados, a recomendação é de que se escolha aqueles com fibras, integrais, verduras e legumes, além de carnes magras. 

Não se sabe bem o motivo pelo qual as gestantes apresentam tantos desejos durante a gravidez. Alguns especialistas dizem ser a falta de nutrientes específicos para os bebês. Outros culpam as mudanças hormonais, que podem alterar o olfato e paladar da mulher e trazer o desejo por outros tipos de alimentos. Alguns ainda apoiam a tese de que os desejos nada mais são do que a carência afetiva, que poderia ser suprida pela família ou pelo companheiro. Para lidar bem com a fome e os desejos durante a gestação, lembre-se sempre de comer a cada três horas. Esqueça as frituras, alimentos gordurosos ou com muito sódio, como as sopas instantâneas. 

Para saciar o apetite, tenha sempre às mãos porções de frutas (prefira as com pouco ou sem açúcar), água de coco (é diurética e ainda auxilia na prevenção de doenças do trato urinário), uva passa ou outras frutas secas (são fontes de fibras), iogurte natural (fonte de cálcio), palitinhos de cenoura (fibras e vitamina A), queijo (só evite os com fungo) e suco natural. Com esses cuidados, é possível ter uma gestação saudável e lidar bem com a fome descomunal que possa aparecer nesse período!


Por Ana Gissoni

Comente

Assuntos relacionados: gravidez