Vergonha dos pais - como lidar com isso?

Vergonha dos pais  como lidar com isso

Quem nunca teve vergonha? Pois no início da adolescência, época de criar uma identidade própria, muitos jovens sentem vergonha com atitudes dos pais. Algumas que até então eram normais. Esta atitude revela uma vergonha do próprio adolescente em relação ao seu passado e seus aspectos infantis. Trazemos algumas dicas de como lhe dar com a vergonha dos pais.

Maria Edna Scorcia, diretora pedagógica do Colégio Joana D’Arc afirma que a vergonha ajuda o ser humano a regular suas ações. Casos assim são comuns na adolescência, mas tanto crianças quanto pais estão naturalmente sujeitos a sentirem vergonha um dos outros. "Os pais ficam envergonhados quando uma atitude do filho foge muito às regras, como agredir uma professora, por exemplo. Em compensação, o pai ou a mãe que vai buscar o filho na escola com uma roupa inadequada pode envergonhá-lo", disse.

Respeito - A primeira dica da pedagoga é que os pais respeitem o período de mudança pelo qual o filho está passando. Maria Edna conta que no fundo os filhos costumam se orgulhar dos pais, mas a fase exige compreensão. "Os pais devem respeitar o momento de reorganização do filho e não insistir para que as coisas sejam diferentes. Apesar de ser difícil, é uma fase natural e delicada, que tende a passar", contou. Para ela o importante é não insistir em atitudes que causem constrangimento ao filho.


Ajuda Profissional - Segundo a doutora, alguns casos podem exigir o auxílio de um profissional. Quando a vergonha torna a relação entre pais e filhos muito difícil ou até impossível, um psicólogo pode mostrar à criança ou jovem a verdade por trás de seu sentimento. "O profissional vai explicitar que a vergonha dos pais nada mais é do que vergonha de si próprio, algo que precisa ser compreendido", finalizou.

Por Catharina Apolinário

Comente