Uma solução, por favor!

Na semana passada estava em um almoço de trabalho e me encontrei com uma cliente que tem dois filhos pequenos. Ela, como muitas de nós, trabalha em período integral e se desdobra para dar conta de todas as tarefas de forma satisfatória. Ao me ver ela foi logo falando: “li seu livro até o final achando que você ia me dar uma solução mas não achei...”.

Num primeiro momento, perfeccionista que sou, fiquei me culpando por meu livro (“Vida de Equilibrista: dores e delícias da mãe que trabalha”) não ter conseguido ajudá-la. Depois, refleti sobre o objetivo do meu livro, que está longe de ser um livro de auto-ajuda e gastei um tempinho pensando na “queixa” dessa cliente: a busca de uma solução.

A que conclusão cheguei: todas nós, em maior ou menor grau vivemos esse dilema de desempenharmos múltiplos papéis e invariavelmente nos sentimos culpadas por nos vermos devedoras em muitos deles. Nossos corações alternam sentimentos variados, combinando aspectos positivos e negativos: alegrias, culpas, correrias, cansaço...

E aí? Tem solução para ficarmos só com a parte boa da vida de equilibrista? Infelizmente não, nem no meu livro nem em nenhum outro, creio eu. Viver esses múltiplos papéis é um pouco isso: é saber lidar com as alegrias e com as dores, com a satisfação de podermos fazer tudo e a culpa por não dar para fazer tudo, com o sorriso de um filho e com a cara emburrada de um chefe. Tudo junto. Talvez aí é que more nosso maior desafio: encontrar uma solução para vivermos da melhor forma possível com tantos pratinhos que equilibramos.

Não acho que haja receitas mágicas nem fórmulas milagrosas para isso. Também não creio numa solução única que se encaixe em todas nós. Sei que seria mais fácil se eu desse uma fórmula matemática com resposta única. Mas nossa vida de equilibrista é bem mais complexa do que isso. E talvez aí é que esteja a maior graça de tudo isso. O desafio é buscarmos a NOSSA solução. Ache a sua!

Cecília Russo Troiano é psicóloga, sócia-diretora da Troiano Consultoria de Marca e autora do livro “Vida de Equilibrista”. Casada e mãe de 2 filhos, ela afirma que é mãe equilibrista, vive sua vida tentando equilibrar “pratinhos”. Email - cecilia@troiano.com.br / Venda do livro pelo site www.vidadeequilibrista.com.br

Comente