Tempo seco? Cuidado redobrado com a saúde das crianças

Tempo seco x saúde das crianças

Foto - Shutterstock

Com o inverno batendo à porta e a chuva passando longe daqui, o ar perde a umidade - um prato cheio para as doenças respiratórias aparecerem. Tosse, espirros, coceira no nariz, olhos, pele e garganta ressecados são apenas alguns exemplos. Até alergias aproveitam para se manisfestar.

Além de você, é bom ter cuidado redobrado com os pequenos para que não sofram tanto nessa época. Confira algumas dicas para fugir das doenças no tempo seco:

Muita água a melhor maneira de prevenir é hidratar o corpo ao máximo, por isso é muito importante o consumo de água, água de coco natural, sucos e outros líquidos. O consumo de frutas suculentas, como melancia e melão, também ajuda na ingestão de líquidos diários para manter o corpo hidratado. Usar soro fisiológico para lavar o nariz e os olhos também é uma boa pedida para reduzir o ressecamento.

Se a mamãe ainda está na fase de amamentação, toda a hidratação do pequeno deve ser feita por meio do leite materno, nada de água! Nesse caso, quem tem que se cuidar é a mãe.

Limpeza da casa se o seu pequeno tiver alergias ou problemas como asma, rinite ou outras doenças respiratórias crônicas, é bom manter a casa livre de poeira - para não agravar o quadro. Passar um pano úmido é um bom jeito de fazer com que o pó grude no pano e não espalhe pelo ar.

Truques alguns truques para manter o ar dentro de casa mais úmido incluem colocar baldes com água em locais estratégicos, panos úmidos em frestas de portas e janelas ou apelar para os umidificadores de ar. Vale lembrar que eles devem ser usados com parcimônia, porque podem provocar bolor nas paredes se ligados por muito tempo.

Cuidados extras se essas pequenas medidas não adiantarem e a criança tiver falta de ar, febre ou qualquer outro problema por mais de três dias, é bom procurar um especialista.


Por Tissiane Vicentin

Comente

Assuntos relacionados: tempo seco