Songs of Love - A música que cura

Songs of Love  A música que cura

Foto: divulgação/ Songs of Love

Depois do sofrimento de perder seu irmão gêmeo, que um mês antes de falecer escrevera uma música intitulada "Songs of Love", o músico John Beltzer teve, como diz, uma revelação: imaginou o bem que faria a uma criança doente receber uma música própria, feita sob medida, especialmente para ela.

Desse insight nasceu, em Nova York, há 14 anos, a organização sem fins lucrativos que leva o nome da música do irmão de John. Desde que foi criada, a Songs of Love, ou Sol, como é apelidada, já produziu mais de 20 mil músicas personalizadas.

John nasceu em São Paulo e, aos oito anos, foi morar nos Estados Unidos. "Mas [ele] nunca perdeu seu vínculo com o Brasil. Há três anos a Songs of Love atua aqui no país, concretizando um antigo sonho dele de atender também as crianças brasileiras", conta Cristiano Borges, presidente da organização por aqui.

As crianças que recebem as músicas apresentam diminuição do medo, melhora das habilidades cognitivas e nos relacionamentos sociais, auto-estima e controle da dor. "As canções, que são oferecidas gratuitamente, são uma enorme fonte de energia e motivação para as crianças. Elas ouvem a música repetidas vezes, sempre que desejam se sentir melhor. Muitas, inclusive, enquanto fazem tratamentos difíceis, como a quimioterapia", revela Cristiano.

Ele narra ainda como é o processo de criação das músicas: "Nossa equipe visita os hospitais e falamos com as crianças e suas famílias sobre o projeto e os benefícios da música no tratamento. Se há interesse em receber a canção, entrevistamos a criança", conta.

Nessa entrevista, ela conta como ela é: as brincadeiras preferidas, seu super-herói favorito, quem são seus amigos, pais e familiares que mais gosta, estilo de música, e o que mais ela quiser que apareça na sua música. A partir daí as informações são encaminhadas a um compositor que produzirá uma música única e exclusiva para essa criança ,com todas as informações e, é claro, sempre falando seu nome. As músicas são entregues em um prazo de aproximadamente um mês, em CD personalizado com o nome da criança e a letra da canção.

Recentemente, o projeto que já tem o título de OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), foi aprovado pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de São Paulo, o que possibilita que empresas doem através do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente diretamente para o projeto. Qualquer pessoa também pode ajudar entrando no site e fazendo uma doação.

Mas, como a Ong se mantêm somente com doações, muitas coisas ainda estão por fazer. "Nosso desejo é que, através da ajuda de pessoas e empresas, possamos remunerar os envolvidos na produção das músicas, assim como é feito nos Estados Unidos, já que este é um trabalho altamente profissional", argumenta o colaborador.


Os músicos que quiserem se juntar ao grupo de compositores pode entrar em contato através do site (www.songsoflove.org.br), ou mandar uma amostra do que produz pelo Myspace (www.myspace/songsoflovebrasil) da ong.

Por Roberta Maria Carlos (MBPress)

Comente