Sexting: você sabe o que é?

Sexting você sabe o que é

Se expor de maneira consciente, encaminhando fotos sensuais para garotos pelos quais estão interessadas. Essa prática tem nome: sexting e ela está se tornando cada vez mais comum entre as adolescentes.

A especialista em Direito Digital e idealizadora do Movimento Criança Mais Segura na Internet, Patricia Peck, explica que o sexting consiste no envio de imagens ou vídeos com conteúdo sexual para toda a rede de amigos do adolescente e, como consequência, gera impactos psicológicos e sociais. "Agir contra essa prática tem sido a grande dificuldade das escolas e das famílias. Muitas vezes, quando os pais percebem que seus filhos estão praticando sexting, as imagens ou vídeos já estão disseminados pela web".

Para Patrícia, só a instrução e orientação prévia podem evitar esse comportamento. "Crianças e adolescentes agem por impulso e acabam não pensando nas consequências dos seus atos. O acompanhamento do que é feito na web, por exemplo, também tem grande importância nesse processo, uma vez que o comportamento nesse ambiente vai refletir o que a criança fará em diversas situações".

De acordo com ela, os pais devem sentar junto com o filho, no computador, para navegar junto. Vale ser amigo nas redes sociais, fazer um monitoramento do nome do adolescente via buscadores, instalar softwares de monitoramento parental e, principalmente, expor situações que podem ser vistas diariamente no noticiário nacional. "O importante é sempre ter uma conversa clara e bastante aberta, para que crianças e adolescentes se sintam confortáveis em relatar tudo que acontecer em suas vidas, seja em ambiente real ou virtual".


Patricia lembra que é fundamental que a prevenção seja feita de forma marcante também na escola com campanhas de conscientização de crianças e adolescentes quanto ao comportamento nos meios digitais. "Orientar é o melhor caminho para evitar que o problema aconteça dentro da instituição. A integração escola, aluno e professor é decisiva para que as crianças e adolescentes entendam a importância de usarem corretamente os meios digitais".

Por Larissa Alvarez

Comente