Separação: como conversar com os filhos

adolescente

Quando a separação é concretizada surgem várias dúvidas sobre a difícil missão de dar a notícia aos filhos. Psicólogos recomendam que nesta conversa estejam filhos e ambos os pais, isso evita que cada um receba a notícia de maneira diferente.

No início, os filhos podem encarar o fato muito bem. Mas com a rotina do dia-a-dia, essa situação muda. É comum a queda no rendimento escolar, agressividade, apatia, insônia, tristeza, pesadelos e, até mesmo, dores de cabeça e estômago.

Nesse turbilhão de sentimentos existe a preocupação em relação ao futuro e à felicidade das crianças, por isso é importante deixar claro aos filhos que eles não têm culpa. Geralmente as crianças menores acreditam que os pais resolveram separar-se por algo errado que elas fizeram.

Veja algumas questões básicas antes de conversar com seus filhos:

  • explicar o motivo da separação;
  • informar quando e como será;
  • explicar o que acontecerá com eles, ouvindo sempre seus desejos;
  • ouvir todos seus sentimentos, dúvidas, medos e tranqüilizá-los;
  • reforçar o fato de que o casal está se separando, mas que continuam sendo pai e mãe;
  • lembrar-lhes sempre o quanto são amados e importantes na vida de ambos.

Comente