Rematrículas - chegou a hora!

O ano nem acabou e no meio de tantos afazeres de final de ano nos deparamos com um que parece antecipado: a rematrícula. Hora de decidir continuar ou mudar a escola das crianças. Em algumas escolas, se esse prazo for deixado para trás, pode ser tarde demais. Corre-se o risco de perder vaga, ou pelo menos o horário conveniente de estudo da criança.

Tratando-se de crianças maiores, onde o processo de escolha da escola levou em consideração passar muitos anos naquela instituição, basta preencher os formulários enviados e confirmar a matrícula na secretaria.

Porém, ao longo do ano letivo podem ter havidos alguns episódios que levam os pais ou a criança a crer que é a hora de mudar, e esse sim é o momento. A visita às escolas candidatas deve ser feita no horário de funcionamento do período escolar, para que os detalhes mais importantes possam ser observados: o cotidiano.

As fotos recebidas nos prospectos são verdadeiras na maioria das vezes, mas relatam apenas alguns momentos, normalmente os mais especiais, mas isso, a criança passará a maior parte do seu dia em qual espaço físico? Será estimulada em que áreas de conhecimento? Qual a filosofia da escola ou mesmo da comunidade que a freqüenta? O horário é conveniente para a criança e para os pais e a localização é viável para a família?

São pequenas decisões e ponderações que pensadas com antecedência só ajudam a família na adaptação ao novo ambiente, ou apenas o novo horário.

Acredite, por mais atribulado que esteja seu final de ano, não deixe essa decisão para o ano que vem!!!

Michelle Maneira é pedagoga, com pós-graduação em psicopedagogia e especialização em tecnologias educacionais, professora de educação infantil da rede pública.

Comente