Quais os cuidados quando as crianças entram na natação?

Veja quais são os cuidados necessários antes de entrar na piscina
crianças-natação

Foto - Shutterstock

A natação é um esporte completo e também um dos primeiros exercícios que, de fato, as crianças podem fazer. A partir dos 4 meses, após tomar todas as vacinas, elas já podem cair na água e as aulas, até os 4 anos, devem ser feitas na companhia dos pais, para segurança dos pequenos.

Os cuidados são simples, mas não podem ser deixados de lado. Existem fraldas aquáticas que são impermeáveis por fora, evitando que ela inche enquanto o pequeno está na piscina. Em alguns casos, os bebês podem ter problemas de ouvido por causa do contato com a água. Já existem tampões específicos para isso, mas o ideal é sempre consultar um otorrino para indicar o melhor caminho.

Outras medidas são importantes, tanto para mãe como para o bebê, como por exemplo, o tipo da água. A temperatura ideal deve estar entre 29 e 30 graus e o melhor é que a água seja preparada com cloro. Há também as que são preparadas com salinização ou o ozônio, que podem ser irritantes para a pele do bebê. Por isso, sempre se informe na escola sobre o tratamento das águas.

Além dos cuidados físicos, as mamães devem prestar atenção nos cuidados emocionais. Algumas crianças podem ter medo da piscina, por isso é bom acostumá-las em casa. A ideia é deixá-las bem à vontade com a água. Promova brincadeiras com água, mangueira e bacia e mostre que a água não oferece nenhum mal. Se ele relutar, talvez seja melhor esperar um pouco, pois uma experiência forçada pode ser traumática. 


Por Helena Dias

Comente

Assuntos relacionados: natação crianças piscina crianças

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?