Preservação ambiental - pais devem dar exemplo

Meio ambiente pais devem dar exemplo

http://www.freedigitalphotos.net/images/agree-terms.php

Só falar não basta. Na questão da preservação ambiental, pais devem servir de exemplo para seus filhos com atitudes conscientes na rotina diária, ensinando pequenas ações para minimizar os problemas ecológicos. Reciclar materiais orgânicos, não jogar lixo na rua e reduzir o consumo são algumas mudanças positivas indicadas pelo biólogo Demétrio Martinho, do Aquário de Santos.

Como as crianças tendem sempre a imitar o que os pais fazem, o ideal é mostrar, nas pequenas atitudes diárias, exemplos de preocupação com o futuro do planeta. Também é preciso levar o pequeno a pensar e refletir sobre a ação do homem no meio ambiente. "Aqui no Aquário sempre aparecem animais com lixo no estômago, coisas de todos os tipos, embalagens de chicletes e bombons, balões de festa, sacolas plásticas. A dica quando recebemos as crianças é perguntar se sabem de onde vieram todas essas coisas, fazendo elas criarem suas próprias associações", orienta o biólogo.

E para ensinar os filhos em casa não é preciso se engajar em nenhuma Ong ou sair pelas ruas em grandes movimentações. A arquiteta Luciana Pinheiro, recicla todo material inorgânico utilizado em sua casa e ensina sua filha Bianca, de 10 anos, a fazer o mesmo. "Não deixo jogar embalagem de danone no lixo comum, por exemplo, ela acabou de comer, lava o potinho e coloca no saco de recicláveis, que são enviados para a coleta semanalmente", argumenta Luciana.

Mesmo com a filha ainda pequena, a jornalista Aline Rollo faz questão de ensinar Manuela, de 4 anos, a não jogar lixo na rua, mostrando as consequências do descarte irregular de detritos sólidos. "Procuro orientar a Manu principalmente sobre como jogar o lixo na rua traz graves consequências para todos, como quando chove e os bueiros entopem. Ela sempre procura uma lixeira para jogar o papel de bala. Quando vamos a praia, levamos saquinhos para depositar nosso lixo."

O consumismo exacerbado também é um dos fatores que prejudica o meio ambiente, devido ao excesso de embalagens descartadas diariamente. Martinho orienta, principalmente as mães, que são as maiores responsáveis pela administração doméstica, a levarem sacolas de casa para o mercado, escolherem produtos biodegradáveis, optarem por alimentos orgânicos ou dar preferência para produtos e serviços sustentáveis. "A ideia é baseada no principio dos três Rs - reduzir, reutilizar e reciclar. Se não é possível reciclar, reduza o consumo, já é uma boa mudança."


O biólogo aproveita para dar um "puxão de orelha" nos pais mais relapsos. "Não cabe somente a escola o dever de ensinar preservação ambiental às crianças, é uma transferência que afeta vários níveis de formação da personalidade dos futuros cidadãos, é como o pai que fuma querer que a escola diga ao filho que fumar faz mal", finaliza Martinho.

Por Carmem Sanches

Comente