Piscina de plástico - muito cuidado com as crianças!

Verão hora de montar a piscina

Foto: Lou Cypher/Corbis

Já que as férias escolares caem justamente na estação mais quente do ano, que tal aproveitar a folguinha para montar uma piscina em casa para as crianças se divertirem? É uma boa ideia, não é? Mas a iniciativa exige cuidados e muita supervisão.

Tudo começa com a compra da piscina. Conforme explica Rodrigo Chiavenato, diretor da loja Mundo Terra, os pais devem sempre verificar se o equipamento possui o selo do Inmetro e conhecer a empresa fabricante.

Os pais podem optar por dois tipos de piscina: as de armação de ferro, mais estruturadas, e as infláveis, que necessitam apenas de um inflador, que pode ou não integrar o equipamento. Geralmente as piscinas (a partir de 40 litros) são recomendadas para crianças a partir de três anos. E os pequenos sempre devem ser supervisionados por um adulto.

"Na hora de montar a piscina prefira sempre um terreno plano, sem que seja um piso escorregadio, para evitar acidentes. O ideal é utilizar o equipamento em grama ou praia", recomenda Rodrigo. Outra opção colocar um forro de tecido ou lona sob a piscina.


A conservação da água da piscina é outro ponto importante. Você pode adicionar cloro ou água sanitária, mas sempre verifique a dosagem correta antes de fazer a devida limpeza. Uma peneira para retirar as sujeiras mais visíveis e uma capa protetora também ajudam na conservação.

Para limpar a piscina evite materiais que possam afetar o material da mesma, como solventes. E guarde o equipamento depois que estiver sequinho. Tomando essas precauções, a diversão em família estará garantida!

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente