Pais devem participar da lição de casa

Lição de casa deve integrar rotina familiar

Foto photostock/http://bit.ly/gdAJw0

A lição de casa é uma forma de a criança exercitar o que foi aprendido na escola. Porém, muitas vezes, a tarefa está associada à obrigação enfadonha e o estudante se vê forçado a fazê-lo, gerando brigas e discussões. Para incentivar a realização da lição de casa é preciso que os pais participem desse exercício de forma prazerosa.

Segundo a coordenadora pedagógica do colégio Joana D’arc, Cristina Carvalho, o melhor é disponibilizar um horário para a realização da lição de casa, combinada com antecedência com a criança, que deve respeitar o que for acordado com os pais.

"Algumas preferem fazê-la assim que chegam da escola para se verem livres logo; outras já gostam mais de fazer no horário contrário ao da escola, depois de descansarem. O importante é que isso seja combinado e comunicado de maneira simples, clara e objetiva, de modo a não ficar pesado para nenhuma das partes. Lembrando que tudo o que é combinado de antemão pode ser cobrado", argumenta a especialista.


Também é importante criar uma rotina diária, que deverá ser respeitada à risca. Esse horário deve ser sempre antes da diversão, para que a criança aprenda a gerenciar seu tempo com responsabilidade. Se a criança é lenta para realizar suas lições, é possível que esteja achando o trabalho enfadonho.

"Nesse caso é conveniente que os pais determinem um tempo para se realizar a lição. É claro que isso pode variar de lição para lição e de criança para criança. Algumas são naturalmente mais rápidas que outras. Umas lições são mais simples e outras mais elaboradas. O importante é não deixar que uma simples lição seja transformada em algo sem fim", acrescenta a pedagoga.

Por Carmem Sanches

Comente