Onde eu estava...

È vivendo que se aprende,só que vivendo o tempo vai passando,e as liçôes vão ficando para tráz,hoje me sentí muito triste,por meu filho me perguntar como tinha sido sua infãnçia,ele hoje com 35 anos,eu fiz uma volta ao tempo,pra responder,e notei que pouco tinha dizer,porque,eu não fui leva-lo a escola,quase não tinhámos lazer,porque eu não tinha tempo,durante a semana,trabalhava e nos finais cuidava da casa.

Não estou me culpando, porque fui, o que eu podia ser naquela época,hoje tambem mudei muito,e acredito, graças é Deus que pra melhor...

Realmente é vivendo que se aprende a viver...

Comente

Assuntos relacionados: filhos amor família