Mochilas escolares - evite lesões

Mochilas escolares  evite lesões

Quando seu filho retoma as aulas escolares a preocupação não é somente com o bom desempenho dele. O grande volume de materiais que ele precisa carregar pode causar dores nas costas e muita reclamação. Para evitar o problema é preciso saber usar e escolher a mochila certa.

A orientação da OMS (Organização Mundial da Saúde) é de se transportar no máximo o equivalente a 10% do peso corporal. "Por exemplo: uma criança de 30kg deverá transportar até 3kg de peso de material escolar na mochila", esclarece Samantha Sanches, fisioterapeuta e diretora da Master Fisio. A mochila também deve ficar pelo menos cinco centímetros acima da cintura.

Quando esta medida é ultrapassada, a criança corre o risco de apresentar dores nas costas, postura incorreta e desvios na coluna vertebral. "O alerta se dá a partir do momento em que a criança começa a se queixar de dores frequentes que a impeçam de brincar ou de realizar atividades comuns do seu dia a dia. Nessa hora os pais devem procurar orientação médica", diz Samantha.

Uma forma de evitar ou minimizar o problema é escolher bem a mochila a ser comprada. A fisioterapeuta sugere que se dê preferência para os modelos com rodinhas, porque facilitam o deslocamento, e orienta que a criança alterne os braços para transportar a mochila e peça ajuda de um adulto para erguer a mochila do chão. Para os que preferirem transportar os materiais nos braços como os fichários, a orientação é alternar os braços e carregá-los sempre junto ao corpo.

"Se a opção for pelo modelo de alças, a mesma deverá ser de duas alças e transportada bem junto ao corpo, na região central e mediana das costas. Essa medida evita as assimetrias que provocam compensações musculares, responsáveis por dores e acentuações das curvaturas da coluna", diz Samantha. O peso carregado deve estar distribuído de maneira uniforme.


Outra forma de prevenir as dores nas costas é por meio de exercícios físicos. A fisioterapeuta explica que eles são capazes de aumentar a resistência muscular e trabalhar as articulações, evitando as dores. "Todos os esportes são bem-vindos, principalmente a prática da natação, que proporciona, além do condicionamento físico, o alongamento e fortalecimento das estruturas musculares".

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente