Meu filho quer fazer uma tatuagem, e agora?

Será que você deve autorizar?
tatuagem-adolescente

Foto - Shutterstock

Cada vez mais é comum ver adolescentes com os corpos enfeitados por tatuagens e piercings. Mas quando é o seu filho que quer colocar essa arte eterna na pele? O que fazer?

Primeiro você deve ter uma conversa franca e explicar que essa é uma decisão que pode ser pela vida toda. Embora haja formas (dolorosas e nem sempre certas) de remover tatuagens, não se pode tratá-las como se fosse algo que é possível tirar da pele quando se bem entende - portanto, o desenho deve ser escolhido com consciência e não por influência do grupo de amigos.

Se depois da conversa você perceber que não é uma atitude passageira, que ele poderá se arrepender posteriormente, pode autorizar (se você se sentir confortável com essa decisão). Mas sempre deixando claro as consequências.

O próximo passo é procurar um estúdio que seja especializado na prática e que seja regido de acordo com as normas de higiene e segurança.

Em caso negativo, explique ao seu filho o porquê não concorda, argumente. Se ele for maduro entenderá o seu ponto de vista.


Por Tissiane Vicentin

Comente

Assuntos relacionados: tatuagens piercing tatuagem