Lavar as mãos - Hábito começa na infância

Lavarasmaos

Foto: Monalyn Gracia/Corbis

O hábito de lavar as mãos deve começar desde a infância. As bactérias encontram nas mãos um local estratégico para se alojar em nosso organismo. É com esse membro do corpo que levamos toda sujeira à pele, aos olhos e boca, o que aumenta o risco de contaminações e até a presença de doenças.

O ato de lavar as mãos é fundamental para prevenir a transmissão de infecções, em qualquer idade. A partir do terceiro mês, os bebês já começam a colocar objetos na boca e por isso a necessidade de manter as mãozinhas sempre limpas.

A lavagem é necessária sempre que se usa o banheiro, antes de todas as refeições, após brincar com objetos, como areia ou massinha de modelar e após atividades no pátio da escola. Caso haja alguma resistência da criança, vale apresentar alguns problemas que a sujeira pode trazer ao organismo, como transmissão de infecções ou contaminação de micróbios, que podem causar intestino preso.

Agora se você não costuma lavá-las antes de comer ou fazer qualquer atividade que requeira as mãos limpas, como vai ensinar seu filho ou uma criança? Por isso alguns especialistas recomendam, inclusive, que no começo o ato seja em parceria. Experimente convidar seu filho todos os dias para lavar as mãos com você, antes de comer, por exemplo. Perceba que pouco a pouco criará um hábito na criança.

A escolha do sabonete também faz toda diferença. Os produtos antibactericidas contêm ingredientes que protegem das bactérias, quando comparado àqueles sem ingredientes antibacterianos, e são recomendáveis especialmente para as crianças.

Não seja perfeccionista

Em vez de corrigi-lo ou repreendê-lo, elogie e parabenize por aquilo que fez bem, em vez de concentrar a sua atenção no que está mal. Não espere que seu filho se lembre de todos os passos nas primeiras vezes que fizer sozinho. De forma mais lúdica, peça ao seu filho para ensinar uma boneca a lavar as mãos e explicar ao brinquedo porque é que é importante fazê-lo.

Outras dicas:

1. Utilize água quente e sabonete e esfregue as mãos para fazer espuma;

2. Lave a palma e o verso das mãos, assim como entre os dedos;

3. Esfregue as mãos durante 15 segundos, no mínimo, e passa bem por água;

4. Seque as mãos com uma toalha limpa;

5. Utilize um banquinho para que o seu filho chegue à torneira;

6. Regule a água quente para o seu filho não se queimar. As crianças dos 2 aos 3 anos nunca devem abrir a torneira sozinhas.


Por Natália Farah

Comente