Fluorose: cuidado com a ingestão da pasta de dente

Fluorose cuidado com a ingestão de pasta de dente

Pais e filhos devem se lembrar que os cuidados com os dentes das crianças são necessários e não podem ser esquecidos. As consequências da falta de cuidados podem gerar problemas visto que cada vez mais crianças chegam ao consultório com dentes de leite já estragados e cariados. Mas o excesso de ingestão de flúor durante as escovações também gera um problema conhecido como fluorose.

O cirurgião-dentista Arany Tunes afirma que a fluorose é um problema específico muito sério e que precisa de orientação. "Há pais que não controlam o uso da pasta dental com flúor nos filhos pequenos, que acabam engolindo pasta e, consequentemente, ingerindo flúor em excesso", afirmou.

A fluorose nada mais é do que é a intoxicação por ingestão em excesso de flúor, uma substância muito saudável se usada em contato com o dente, mas muito tóxica se ingerida. Este quadro pode causar a degradação dos dentes, que podem, inclusive, já nascer fracos e apodrecidos. Segundo o dentista, o problema vem se tornando maior a cada dia.

O site do jornal Folha de S. Paulo publicou uma reportagem sobre uma pesquisa da FOP (Faculdade de Odontologia de Piracicaba), da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), que mostrou que o número de casos com fluorose em pacientes avaliados na cidade de Piracicaba, no interior de São Paulo, aumentou de 13% em 1992 para 37% em 2007.

Uma das razões disso poderia ser, segundo o dentista, o fato de boa parte dos pais não controlar o acesso dos pequenos às pastas dentais, e estas, por sua vez, a cada dia ganham novos sabores e se tornam mais atrativas. Por isso muitas crianças estão criando o mau hábito de ficar "chupando" a escova ou mesmo engolindo a pasta.

Como evitar?

O cirurgião-dentista lembra que para evitar isso deve-se ficar alerta e dá algumas dicas:

- Crianças muito pequenas: se elas já têm os primeiros dentes é necessário promover a escovação, mas sem o uso de pasta. Só passe a usar pastas quando a criança for capaz de entender que não se pode engolir e quando tiver condições motoras de cuspir.


- Bebês: após cada mamada no peito ou na mamadeira, pai, mãe ou responsável devem limpar as gengivas dos pequeninos, que ainda não têm dentes, com uma fraldinha, com movimentos bem leves. Sem pasta, claro. E o dentista encerra lembrando que o dente de leite pega cárie, tem raiz e pode gerar tratamento de canal.

Por Catharina Apolinário

Comente