Festinhas de ponta cabeça

Festinhas de ponta cabeça

Divulgação/ De Ponta Cabeça

Calma, ninguém quer colocar tudo de pernas para o ar, no dia da festa mais esperada do ano. A ideia é, bem pelo contrário, resgatar um jeito tradicional de fazer festa e, com um toque de delicadeza e modernidade, encantar convidados.

Duas amigas, já cansadas dos buffets infantis tradicionais - que trazem personagens óbvios e cardápios padronizados - resolveram resgatar o passado e recriar o clima das festas que aconteciam nos quintais ou nas casas das avós. Marina Penna e Letícia Alencar criaram então uma "fábrica de sonhos" diferentes. E como clientes, tiveram as filhas, Sofia, 3 anos, e Helena, 5. As meninas adoraram.

Cansadas das festas que as filhas eram convidadas, "industralizadas e com junk food em série", Letícia comentou com Marina que gostaria de fazer para Helena uma festa diferente, à moda antiga. "Queria fazer um chá de bonecas, pois considero que 5 anos é a idade ideal para este tipo de festa. A Marina, adorou a ideia e me ajudou a produzir tudo. O sucesso foi absoluto e, a partir deste dia, começamos a ser procuradas por amigas que nos incentivaram a idealizar a ‘De Ponta Cabeça’".

No blog da empresa, as duas contam que tudo foi planejado para que as convidadas da pequena Helena e suas bonecas se sentissem num banquete com direito a louças, copos de cristal, flores, guardanapos bordados - tudo em miniatura. O cardápio foi especialmente elaborado para as crianças, tudo muito simples, mas bem charmoso. "Um sonho para qualquer menina! O convite feito em scrap deu o tom da festa, que contou com outras atividades, como oficina de colares e pulseiras para as bonecas, cabeleireiros e contação de estória. Como lembrançinha foram confeccionadas chaveiros de bonequinhas de pano", relatam.

Hoje, cada festa é uma festa. Tudo é elaborado com base num projeto que leva em conta as cores e os temas escolhidos, como fazenda, João e Maria, ursinhos, jardim ou pomar. Em quatro dias, entre negociação e produção, as amigas-sócias garantem que fica tudo pronto.

Há pacotes apenas para festinhas de aniversário em escola. O restante, depende da necessidade do cliente. "Alguns desejam apenas os convites. Outros convites e decoração ou ainda convites, decoração e lembrancinhas", explica Letícia. Existem aqueles que preferem incluir alimentação e diversão. E aí vem a parte encantadora, com gincanas que incluem brincadeiras como correr com saco ou dançar com a maçã, aquelas que marcaram a infância de muitas mães.

[galeria]

O preço médio da decoração, com algumas lembrancinhas e convites, fica em torno de R$1.500, e tudo é feito artesanalmente, com material de scrapbooking, craft, chapéuzinhos com pompons e uma infinidade de coisinhas mimosas. As duas ficam em São Paulo, mas pessoas de outros estados também podem encomendar os serviços da "De Ponta Cabeça".


As festinhas não precisam ser necessariamente para comemorar aniversário infantil. Vale chá-de-bebê, aniversário de adulto, encontro de amigas. "Nosso negócio é fazer tudo para resgatar a simplicidade e o aconchego das festas em casa". Para entrar em contato com Marina e Letícia, basta acessar o site www.depontacabeca.com.br.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente