Eu me mordo de ciúmes!

Ciúmes entre irmãos não gera mais audiência nem em novelas, já que acontece em todas as famílias!

O outro é sempre o preferido, incrivelmente para os dois! E isso começa para alguns desde a gravidez da mãe, para outros no dia a dia, e inevitavelmente com todos até a fase adulta.

O preferido (se realmente houver), só irá se enxergar como tal depois que sair de casa, tiver seus filhos e passar por essa situação.

Na maioria das famílias, alega-se o ciúmes do irmão mais velho, pois ele sempre tem tudo novo, já foi filho único, pode tudo primeiro que os outros... entre outras óbvias argumentações.

Os filhos do meio, normalmente as maiores vítimas do ciúmes entre os irmãos, reclamam sempre que só ficaram com as sobras do irmão, que nunca tiveram atenção exclusiva e sempre tiveram que dividir tudo.

Já o caçulinha, que aparentemente deveria ter as mesmas queixas do irmão do meio e até mais, normalmente é o mais mimado e cheio de privilégios, já que conta com muito mais familiares para lhe paparicar, mas mesmo assim, vivem comparando diferentes situações e se fazem de coitadinhos quando conseguem.

Se você se enxergou em um desses filhos, ou sua própria família nessa situação, é realmente um sinal de que somos todos iguais, só mudamos de endereço, e passe a se divertir com essa situação, que no fundo não tem como fugir dela! Briga entre irmãos, disputa, ciúmes... em graus moderados, nem precisam da Super Nanny!

Michelle Maneira é pedagoga, com pós-graduação em psicopedagogia e especialização em tecnologias educacionais, professora de educação infantil da rede pública.

Comente