Esportes para crianças - qual escolher?

Esportes para crianças  qual escolher

Foto: Blue Jean Images/Corbis

Você sabia que o sedentarismo mata muito mais do que o cigarro no Brasil? E que uma a cada três crianças no Brasil está acima do peso? Isso tudo é muito assustador, não é? Mas é possível virar o jogo. Já que praticar esportes faz muito bem a saúde, por que não começar a incentivar seu filho a fazer exercícios desde pequeno?

A prática não melhora só a saúde da criança. Potencializa o aprendizado nos estudos, ajuda a superar timidez, ter espírito esportivo, e a ser mais proativa. Gostou da ideia, mas não sabe por onde começar? Então dê o primeiro passo fazendo uma lista de atividades físicas que seu filho gostaria de fazer. Depois vá atrás de uma escola de confiança e conheça a estrutura. E antes de a criança começar os exercícios leve-a ao pediatra para fazer uma avaliação.

Segundo Claudio Tonon, treinador da Body Systems, crianças a partir dos três anos já podem fazer exercícios. "Atualmente existem academias especializadas para elas, onde são ensinados os movimentos básicos motores, como andar, correr, saltar, pular etc."

Para você não ficar com medo do seu filho se machucar praticando algum esporte, existem alguns cuidados que a serem tomados, conforme explica o treinador: "Assim como para adultos, hoje temos tipos de tênis certos para cada modalidade, uma alimentação específica, sendo necessária ainda uma entrevista com especialista, no caso, uma nutricionista, que ajudará a potencializar os resultados da atividade."

Com a prática dos exercícios seu baixinho vai comer além do normal. "A alimentação muda, porque a criança passa a gastar mais energia. Por isso é necessário um ajuste na dieta, para que os pequenos tenham melhores resultados e uma melhor performance", diz Claudio. "Atualmente existe até suplementos que as crianças podem consumir, com indicação do profissional especializado."

Você adorou a ideia e quer ter um atleta desde pequeno dentro de casa? Então confira quais exercícios físicos são mais adequados para cada idade:


A partir dos 6 meses: Natação

A partir dos 3 anos: Futebol e Aulas de Circo

A partir dos 7 anos: Crosstrainning (academias especializadas) e TRX

A partir dos 9 anos: Ginástica em Academias

A partir dos 11 anos: Voleibol

E lembre-se: é importante que a criança seja sempre supervisionada por um profissional que conheça o exercício e beba muita água para repor as energias gastas durante a atividade física.

Por Marisa Walsick (MBPress)

Comente