Escola ou Babá?

Não é segredo pra ninguém que JM foi para creche logo que acabou a minha licença maternidade. Minha saga para procurar uma creche que melhor me antedesse começou desde a gravidez. Ao completar 7 meses, eu e meu marido começamos a visitar várias creches e nos apaixonamos de cara pela que JM está até hoje. Então, nossa opção desde o início foi por escola e não por babá.

Nunca tive qualquer arrependimento pela minha escolha. Optar pela creche foi a nossa melhor decisão. JM é muito bem cuidado, sou muito bem tratada e como preciso e gosto de trabalhar fora, o período que ele passa lá me sinto bem tranquila pra realizar minhas atividades profissionais.

Para escolher a creche ideal pra JM, alguns aspectos foram bem observados. O primeiro deles foi o tratamento que tiveram conosco, eu estando grávida e todo o carinho que me trataram. Mas, outros detalhes importantes foram observados e aprovados:

- Limpeza da escola.- Experiência das educadoras.- Alimentação.- Organização.- Comunicação escola x família.- Localização.- Segurança do local.- Espaço Físico.- Metodologia.- Rotina.- Informações de outras mães.

Considero extremamente importante o preparo dos educadores, e o primeiro contato diz muita coisa sobre eles. Os educadores de uma escola infantil devem gostar de trabalhar com crianças e ter noções de como educar e cuidar delas. Acredito que cada mãe, pai ou cuidador tenha uma sensibilidade especial para saber qual é a melhor escola para a criança. Analisando cada detalhe, é possível escolher a escola ideal, já que não existe escola perfeita, e sim aquela que atende às necessidades da criança e da família. Com os critérios que estabeleci e meu instinto materno, acredito ter feito a melhor escolha desde o início.

E vocês, qual escolha fizeram?Beijos,Genis Borges

Comente

Assuntos relacionados: educação escola babá mamães em rede