Dia das crianças: 8 dicas na hora de comprar o presente

Dia das crianças 8 dicas na hora de c

É no Dia das Crianças que os pequenos vêem uma oportunidade de ter seu desejo atendido. E eles pedem, e pedem, e pedem. Para os pais, o momento pode ser de desgaste financeiro. Por isso Vila Filhos traz dicas para os pais na hora de comprar o presente de Dia das Crianças.

Resistir à chance de fazer um agrado aos filhos é muito difícil. A Editora DSOP de Educação Financeira tem dicas para os pais presentearem seus filhos e ainda aproveitarem a data para ensiná-los a lidar com dinheiro. "Se crianças e jovens são estimulados ao consumo cada vez mais cedo e, logo percebem o poder do dinheiro de comprar coisas, o ideal é conscientizá-los, já a partir dos 3 anos de idade, sobre como usar o dinheiro com responsabilidade. Isso é possível quando o tema é tratado de forma lúdica e com foco na realização de sonhos e não no consumo em si, para que a aquisição de um bem tenha significado e aconteça por meio de reflexão, entre outros aspectos", explicou Reinaldo Domingos, educador financeiro e presidente da Editora DSOP.

O educador financeiro dá dicas para os pais, na hora de comprar o presente:

1) Não compre presente se para isso precisar se endividar. Parcelamento também é uma forma de dívida. Se for inevitável, tenha certeza de que cabe no orçamento.

2) Analise se o presente não trará custos extras para a família ou mesmo para criança.

3) Negocie sempre. Na maioria dos casos existem folgas para abaixar o preço.

4) Só saia para realizar a compra do presente com o valor a ser gasto pré-definido. Não se deixe levar por promoções.

5) Se o orçamento familiar pede cautela, aproveite para iniciar a criança na educação financeira. Peça para ela dar alternativas de presentes dentro de faixas de valores que você possa assumir. Envolva a criança na pesquisa de preço. Mostre a ela as opções que cabem no bolso.

6) Comece a poupar desde já para comprar os presentes que pretende dar em outras datas comemorativas.

7) Use cofrinhos com o nome de cada objeto de desejo da criança. Mostre que é preciso guardar dinheiro por um temo e que, dependendo do custo de cada desejo, tem de guardar mais ou menos dinheiro, durante um tempo maior ou menor.


8) Com os maiores, procure negociar, sem nunca desmerecer o sonho deles. Faça perceberem que sonhar é saudável, mas nada cai do céu.

Por Catharina Apolinário

Comente