Desenvolvimento da fala: não atrapalhe o seu filho

Desenvolvimento da fala não atrapalhe o seu filho

Seu filho está começando a falar? Fique atenta ao seu comportamento nessa fase. É que, mesmo sem perceber, os pais podem atrapalhar os filhos. Sabia que antes mesmo do seu filho começar a emitir os primeiros sons, algumas atitudes devem ser evitadas?

Não repita a palavra errada: a melhor opção é repetir somente a palavra correta - de maneira exagerada, se necessário. Por exemplo: se a criança disser "pato" em vez de "prato", os pais não devem dar respostas como "não é 'pato', é 'prato'" - fale o seguinte: "Você quer o prato? A mamãe vai pegar o prato para você". É bem mais fácil para a criança entender a maneira correta de pronunciar a palavra.

Fale de maneira correta com o seu filho: é comum que os pais troquem consoantes e abusem dos diminutivos, mas sabia que isso atrapalha o desenvolvimento da linguagem? O ideal é empregar o vocabulário adequado desde a chegada do bebê, já que ele está desenvolvendo a fala durante os primeiros anos de vida.

Outra dica é não substituir palavras por outras inexistentes e mais fáceis - como mamadeira por "tetê", por exemplo. Como a palavra certa é outra, a criança tem que aprender duas vezes.

Não interrompa: quando a criança está com dificuldades para completar uma frase, não a apresse, deixe que ela fale no tempo dela. Se os pais se habituarem a antecipar o discurso, a criança sempre vai esperar que alguém fale por ela.


Não aceite gestos: crianças usam gestos para conseguir o que querem. Se os pais sempre entregam ao filho um objeto simplesmente apontado, a criança se habitua e não aprende a pedir o que quer.

Comente