Daminhas de casamento - preparação antes da cerimônia

Daminhas de casamento  preparação antes da cerimôn

Daminhas de casamento costumam chamar muita atenção durante a cerimônia. Porém, ninguém quer ser lembrada por algo que deu errado, certo? Portanto alguns cuidados para prevenir acidentes são fundamentais.

Antes de tudo é preciso escolher bem a idade das crianças. A assessora de casamentos Sylvia Queiroz indica como idade mínima cinco anos. "Eles costumam ficar assustados quando a porta da igreja se abre e eles veem aquele imenso corredor com todos os convidados olhando para eles", afirma Sylvia. Em alguns casos eles podem até teimar em não entrar!

É comum que haja diversos ensaios gerais, entretanto são sempre com a igreja vazia. Para as crianças há uma enorme diferença e mesmo que elas estejam sendo incentivadas pelas mães podem parar na porta. Se houver crianças maiores é melhor que elas levem as alianças. "Sempre recomendamos almofadas que tenham uma fita para amarrar as alianças e que contenham um elástico por baixo da almofada, para ficar presa à mãozinha dela", indica Sylvia. Para ter ainda mais segurança, use alianças falsas e deixe as originais no bolso do noivo.

Sylvia Queiroz lembra que não é mais comum que as crianças entrem à frente da noiva. "As crianças costumavam tirar o brilho da noiva, ofuscando a sua passagem e dividindo a atenção dos convidados", pontua a assessora. Além disso, as igrejas liberaram uma entrada especial para as alianças, o que facilitou a entrada de pajens e daminhas em separado. "Mas a entrada atrás da noiva, como foi no casamento real, ficou muito bonito, elegante, além de passar a ideia de suntuosidade à entrada da noiva", afirma Sylvia.

Outro detalhe muito importante é o comprimento do vestido e o modelo dos sapatos. "Os vestidos das daminhas não devem ultrapassar o tornozelo. Os sapatinhos, de preferência com alcinha, devem ficar à mostra", indica Sylvia. "Recomendamos veementemente que não usem vestidos longos encostando no chão. Além de arriscado para a criança, a deixará exposta a risos da plateia, uma imagem desagradável na foto, e ela ficará muito envergonhada por ter tropeçado", completa.

É importante que noiva e mãe não se esqueçam que as daminhas ainda estarão segurando um buquê e não terão a mesma destreza de um adulto para puxar o vestidinho na hora de subir as escadas. "Não fazendo esse movimento fatalmente ela pisará no vestido e correrá o risco de cair", garante a assessora.


Cuidado para não exagerar no número de daminhas e pajens. Sylvia lembra que muitas crianças juntas costumam conversar e brincar no altar. "Se a noiva tiver muitos sobrinhos e quiser convidar a todos, melhor que apenas um deles suba ao altar para entregar a aliança ao noivo, e que todos permaneçam sentados no primeiro banco durante a cerimônia. Na hora da saída dos cortejos eles serão chamados para saírem atrás dos noivos", indica Sylvia Queiroz.

Por Bianca de Souza (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: filhos crianças casamento