Como lidar com o ciúmes do filho mais velho

Como lidar com o ciúmes do filho mais velho

Foto: FreeDigitalPhotos http://bit.ly/JHVdLe

Com a notícia do segundo filho, é muito comum o primogênito começar a ter um comportamento diferenciado do que tinha até hoje. Crises de ciúmes e birras podem passar a fazer parte da rotina da família, pois a insegurança pode bater no mais velho. Ele acha que vai perder espaço na vida dos pais com a chegada do bebê.

Segundo a psicóloga Elaine Bet, do Viva Centro Especialidades em Saúde, toda criança se sente ameaçada com a chegada de um bebê e isso pode ser demonstrado de diversas formas. "Algumas crianças ficam desobedientes ou fazem birra, outras se tornam agressivas com os pais ou com o bebê, outras ainda regridem no comportamento, voltando a fazer xixi na cama ou a falar como bebê", exemplifica a especialista.

Para os pais, atordoados com tantas coisas para resolver até a chegada do bebê, é difícil identificar ou relacionar a mudança do comportamento ao nascimento do irmão. Porém, é preciso estar atento e ter muita paciência.

"O diálogo é o melhor caminho nessas horas, a criança deve ser avisada da gravidez desde o primeiro momento, os pais devem explicar que a família aumentará, e que estão muito felizes com isso e a criança agora assumirá o posto de irmão mais velho", salienta a psicóloga. Os pais podem também incentivar a criança a falar de seus sentimentos, explicar que o que ela está sentindo é ciúmes, e não devem jamais ridicularizar esse sentimento.

A criança deve ser incluída em tudo que for relacionado à gravidez, se possível até comparecer às consultas, ver os ultrassons, ouvir o coração do bebê, enquanto os pais explicam que com ela também foi assim e que o novo membro da família precisará de espaço dentro de casa, de berço, roupas, entre outras coisas que um recém nascido necessita.

"Assim como o bebê que está chegando é sempre presenteado, a criança também pode ser presenteada por estar sendo promovida a filho mais velho", completa a especialista.


Após o nascimento a criança pode ser incentivada a ajudar com os cuidados ao bebê, como troca de fraldas e roupas, mamadeira, empurrar o carrinho, mas sempre com a supervisão de um adulto. A colaboração deve ser prazerosa, nunca uma obrigação.

"Se possível, acho importante tanto o pai, quanto a mãe, terem um momento do dia só de dedicação ao filho mais velho. Isso ameniza muito os ciúmes e a regressão natural que acontecem diante dessa nova fase", finaliza Elaine.

Por Carmem Sanches

Comente

Assuntos relacionados: filhos pais ciúmes filho mais velho caçula

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?