Como fazer o filho parar de chupar o dedo?

Veja técnicas para acabar com esse vício com mais facilidades
criança-dedo-na-boca

Foto - Shutterstock

O hábito de chupar dedo atinge muitas crianças e incomoda os adultos. Por medo dessa mania não cessar e prejudicar a dentição, os pais buscam alternativas para que os filhos parem com esse pequeno vício e largue o dedo. Algumas atitudes simples podem ajudar as crianças a largarem esse hábito.

As crianças começam a chupar o dedo pela necessidade de sugar, que pode acontecer antes do nascimento, e coceira na gengiva. Além disso, elas passam por uma fase oral, na qual “conhecem” o mundo ao redor pela boca. A fase oral termina entre 1 ano e meio e 2 anos, o que pode ser um bom momento para começar a retirada, tanto do dedo quanto da chupeta. É preciso ver se ele usa o artifício do dedo para momentos de sono, medo, insegurança ou ansiedade. Isso pode ser sinal de necessidade de atenção. 

Para tirar o hábito, deve-se conversar sobre os malefícios de chupar o dedo. Você pode incentivar a criança a substituir o hábito de chupar o dedo por segurar outro objeto, como um boneco, brinquedo ou paninho. Caso note que ela volte ao hábito durante o dia, não repreenda, apenas foque sua atenção para outra atividade. 

Proponha brincadeiras manuais para entretê-la. Lembre sempre de oferecer outros objetos para que ela segure e não lembre de colocar o dedo na boca. Uma tática também é colocar curativos adesivos no dedo e dizer que o hábito fez “dodói”. Com isso, ela pode largar o hábito. 

Nunca use artifícios como colocar pimenta e outras coisas fortes no dedo. Caso a criança chegue aos 3 anos e o ato de chupar dedo ou chupeta permaneça, pode ser necessária a ajuda de um psicólogo, para conseguir fazer a retirada e não prejudicar a dentição. 


Por Ana Gissoni

Comente

Assuntos relacionados: vício dedo como fazer