Como acalmar uma criança que está nervosa

Em certos casos é melhor tranquilizá-la ou retirá-la da situação de estresse
acalmar a criança

foto: Shutterstock

Essa é uma grande dificuldade dos pais de crianças pequenas. Como manter a calma quando o seu filho não está nada calmo? Acontece muito em lugares públicos, festinhas de aniversário infantil ou quando a criança é simplesmente contrariada e começa a fazer manha ou se irritar a ponto de chamar a atenção de todos que estão por perto. Como lidar com isso e acalmar a criança sem perder a linha?


1. Antes de tudo, não perca a calma

Mantenha a calma, mas sem deixar de ser firme. Evite um comportamento agressivo ou intimidatório junto à criança, mas explique ponderadamente as razões pelas quais a criança não pode ser agradada.

2. Tranquilize a criança

Quando as crianças estão desafiando um adulto, elas estão tentando conseguir o que querem. Um brinquedo que outra criança pegou na festinha, por exemplo. Para crianças pequenas, um simples "eu entendo" permite que a criança saiba que você está lá para ajudar.

3. Use o mínimo de palavras possível

A não ser que seu filho esteja fazendo algo perigoso que possa prejudicar a si mesmo ou aos outros, isso não é um bom momento para tentar convencê-lo de que o seu comportamento está fora de linha. Se você se agitar verbalmente, provavelmente vai piorar a situação. Quanto menos palavras, melhor. Seja objetiva e enfática no que precisa ser dito.

4. Não ameace

Tente não ser uma ameaça para o seu filho. Embora você queira repreender a criança com algum tipo de punição rápida, isso não vai trabalhar a seu favor. Ao reconhecer que você precisa escutar o que a criança tem a dizer, estará sendo mais propensa a acalmar a situação naquele momento.

5. Ofereça escolhas

Ao invés de dizer o que a criança está fazendo de errado, diga a ela o que você quer que ela faça. Oferecer escolhas à criança pode ser útil. Um exemplo: Você normalmente diria "Eu sei que você quer o brinquedo, mas ele pertence ao Pedrinho. Mas você poderia trocar por: "Se você dar o brinquedo de volta para o Pedrinho agora, podemos pegar um pedaço de bolo de aniversário juntos, ou então, podemos ir para casa. O que você prefere fazer?"

6. Retire a criança da situação

Se mesmo com todas essas atitudes a criança ainda não se acalmou, provavelmente é hora de deixar a situação. Se estiver fora de casa, o melhor é voltar para o ambiente familiar, um lugar onde a criança se sente segura, e pode pensar sobre o seu próprio comportamento.

Cada criança reage de forma diferente quando estão em uma situação estressante. Por isso como mãe você irá observar qual maneira é mais eficaz para o seu filho ou filha. De qualquer formar, tirar a criança da situação de estresse não deve ser o primeiro recurso, pois ela precisa aprender a enfrentar momentos de dificuldade.

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: educação