Ciúmes entre irmãos

Seus filhos vivem brigando? Entenda melhor o ciúme entre irmãos e ajude as crianças!
ciúme entre irmãos

Foto - Istock/© kicsiicsi

Sentimento mais do que normal entre “iguais” tão diferentes... mesma mãe, mesmo pai, mesmo quarto, mesmo desejo... crianças de idade, gostos e personalidade diferentes disputando a atenção e a preferência de tudo e de todos... só poderia resultar nesse sentimento normal, mas negativo que é o ciúmes!

O mais velho perde espaço para o irmão e passa o resto da sua vida tendo que dividir com o “intruso” suas coisas porque ele é menor... O pequeno quer conquistar seu espaço, se sente com as “sobras” que já foram do irmão e quando há o do meio então fica difícil definir seu sentimento em relação aos demais. Alguns se sentem esquecidos e espremidos com o miolo de um sanduíche, que já foi o caçula um dia e perdeu seu trono, mas nunca será o primogênito. Outros se aproveitam de não cair sobre si a responsabilidade do irmão maior e os apertos constantes de bochechas no pequeno. Enfim, qualquer que seja a ordem de nascimento, qualquer irmão tem seu discurso sobre os motivos das suas crises de ciúmes!

Quanto maior a prole, menor a chance dos pais de dar atenção individualizada a cada um dos seus filhos, porém ela é necessária em todas as faixas etárias! Todo filho gostaria de “passar a perna” no irmão para ficar a sós com a mãe ou o pai num momento de leitura, cinema ou passeio que algumas vezes não interessa seus irmãos, ou até mesmo um dengo na hora de dormir ou acordar... Dar a cada um esse momento especial e ensinar os demais a respeitar esses momentos é sem dúvida uma excelente estratégia de driblar esse sentimento natural, que não sumirá apenas com essa atitude, mas que também não será alimentado para o lado negativo.

Observe seus filhos e perceba se seus olhinhos não estão lhe implorando esses pequenos momentos que diferentes para cada um podem gerar sorrisos para todos!

Michelle Maneira é pedagoga, com pós-graduação em psicopedagogia e especialização em tecnologias educacionais, professora de educação infantil da rede pública.

Comente