Chegou a hora de comprar o material escolar

Chegou a hora de comprar o material escolar

Não há como fugir, janeiro é o mês oficial da compra do material escolar das crianças. Mas como fazer para não detonar o orçamento em um momento como esse?

A consultora de finanças pessoais e colunista do site Vila Mulher, Suyen Miranda, explica que quando o assunto é material escolar não adianta querer economizar muito, porque o material é um investimento no desenvolvimento da criança durante o ano letivo. "A criança se motiva pelo material novo e se compromete. Quando ganha a canetinha com cheiro, por exemplo, que tanto queria, ela usa mais, o que é bom para o seu desenvolvimento. Vale a pena gastar com isso e economizar em outras coisas."

Mas caso a situação financeira não esteja boa, Suyen dá a dica para economizar sem comprometer o material dos filhos: pesquisar é sempre a melhor opção. "Na cidade de São Paulo encontramos diferenças de preços do mesmo produto de até 300% de uma loja para a outra."

Outra dica de consultora é unir os pais e comprar materiais em grande quantidade, o que faz com que os descontos apareçam e fique mais barato para todo mundo. "No caso dos livros vale também comprar nas livrarias online que costumam facilitar os pagamentos e dividir em até 10 vezes."


Para economizar a longo prazo, Suyen tem uma dica diferente. "Leve a criançada para as compras junto com você. Quando o seu filho está junto na hora de escolher e participa, ele se envolve e cuida melhor do material. Toma consciência do trabalho que dá para comprar, escolher e assim acaba cuidando melhor. Isso faz com que ele dure, as vezes, até mais do que um ano letivo."

Por Larissa Alvarez

Comente