Cartilha para prevenção de acidentes domésticos

Cartilha para prevenção de acidentes domésticos

Uma cartilha para prevenção de acidentes domésticos é o mais recente trabalho da ONG "Criança Segura" com o Inmetro. Juntos, os órgãos lançaram a cartilha "Segurança Infantil", destinada aos pais e que simula situações que oferecem riscos às crianças dentro de casa.

O material está disponível na internet e dá dicas separadas por cômodos da casa. Em todos os espaços existem itens aos quais os pais devem ter maior atenção.

Veja algumas recomendações:

Quarto: a cartilha lembra que os brinquedos, travesseiros e lençóis dentro do berço podem causar sufocação. Além disso indica que as grades do berço devem ter no máximo 6 cm entre elas. Vale lembrar que a partir de 2014, todos os berços deverão ter o selo do Inmetro.

Quintal: nestes espaços as quedas representam grande risco, sendo a principal causa de hospitalização por acidentes com crianças. Os pais devem verificar os equipamentos para saber se são apropriados para a idade de seu filho, ou seja, se o piso é macio como borracha ou areia. Estar atento aos perigos como ferrugem, pregos expostos, superfícies instáveis ou quebradas também é muito importante.

Sala: para garantir a segurança da criança utilize portões de segurança no topo e no pé das escadas, dentro e fora de casa. Não use material potencialmente inflamável, como velas ou fósforos, próximos a cortinas. Preste atenção no tamanho dos cordões de cortinas e persianas para que não fiquem em altura que possa ser alcançada por crianças.

Cozinha: é comum observarmos crianças atendidas em pronto-socorros por conta de queimaduras. Para evitar isso não utilize toalhas por baixo de recipientes com alimentos e líquidos quentes, pois a criança pode puxar a toalha e derrubar o conteúdo quente sobre ela.

Área de serviço: esvazie todos os baldes e bacias e guarde-os virados para baixo, fora do alcance das crianças. É importante também manter sacos plásticos longe de crianças para evitar sufocação.


Banheiro: as crianças mais novas podem se afogar com apenas 2,5 cm de água. Por isso, mantenha a tampa do vaso fechada e travada. Utensílios afiados, remédios, vitaminas, produtos de higiene e outras que ofereçam perigo de intoxicação devem permanecer fora do alcance das crianças.

Por Catharina Apolinário

Comente