Cai o número de adolescentes grávidas

Cai o número de adolescentes grávidas

Menos adolescentes estão ficando grávidas no Brasil. A boa notícia aparece em um levantamento realizado pelo Ministério da Saúde. Os dados mostram que a quantidade de partos realizados na rede pública de saúde em meninas com idade entre 10 e 19 anos caiu 30,6% nos últimos dez anos.

O número de partos em 2008 foi de 485,64 mil, contra 699,72 mil em 1998. A região onde a redução foi maior foi o Centro-Oeste, 36,71%. Seguido por Sul e Sudeste que tiveram 36,40% e 36,17%, respectivamente. A menor redução foi registrada no norte do País, 12%.

De acordo com a análise do Ministério sobre os dados, uma das razões apontadas para a redução é o acesso às políticas de prevenção e orientação sobre saúde sexual. Nos últimos anos os postos de saúde no país passaram a distribuir, gratuitamente, métodos contraceptivos como preservativos masculinos.

Outro fator apontado como fundamental foi a criação de programas que unem saúde e educação. Um exemplo é o programa Prevenção e Saúde nas Escolas, que levam aos alunos da rede pública informações sobre puberdade, saúde reprodutiva, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e o sexo seguro. Além disso, o Ministério da Saúde está distribuindo cadernetas de saúde para os adolescentes, uma espécie de manual com as principais dúvidas de meninos e meninas de 10 a 16 anos.


O Vila Filhos sabe da importância da informação para os jovens, por isso aprova as iniciativas e torce para os resultados positivos continuem aparecendo!

Por Larissa Alvarez

Comente