Café da manhã dos adolescentes

Café da manhã dos adolescentes

Foto: Dreamstime

Não é novidade que o café da manhã é conhecido como a principal refeição do dia por médicos e especialistas, mas a gente sabe também que muita gente sai de casa sem comer direito. E pesquisas realizadas afirmam que o café da manhã é uma refeição esquecida principalmente pelos adolescentes. Muitos saem para ir a escola sem comer e isso prejudica o desempenho escolar. Coxinhas, mistinhos, refrigerantes e qualquer outra alimentação a base de muita gordura e fritura não são recomendáveis, mas normalmente é o que se come na hora do recreio.

Uma pesquisa apresentada pela nutricionista e especialista em adolescência e mestre em Ciências Aplicadas a Pediatria pela UNIFESP, Camila Leonel Mendes de Almeida, mostra que a falta dessa refeição entre crianças e adolescentes provoca dificuldade de concentração, atraso no aprendizado, hipoglicemia, inadequação dietética e maior dificuldade em atingir as necessidades nutricionais de cálcio e vitamina D, além de outros micronutrientes.

Também a pesquisa "Hábito do consumo do café da manhã por adolescentes de escolas públicas e privadas", realizada por Eliana Cristina de Almeida, afirma que menos de 30% da população realiza uma primeira refeição completa. A pesquisadora afirma que o café da manhã representa 25% da fonte de energia necessária para enfrentar a jornada diária de atividades.


Um café da manhã ideal deve ter pães, frios, café com leite ou achocolatado com açúcar, para dar energia, e um suco de laranja, que contém vitamina C. Uma fruta também é essencial nesta refeição por conter fibras essenciais ao funcionamento do organismo. Variar na alimentação é sempre uma boa pedida, vale incluir danones, substituir tipos de pães por integrais, com fibras, grãos etc, e consumir cereais matinais e ovos cozidos também pode trazer energia necessária. Mas é importante que tenham representantes de todos esses grupos alimentares.

Por Catharina Apolinário

Comente