Brinquedos em ordem: criatividade para organizar a bagunça da criançada

Brinquedos em ordem com criatividade

Foto: Phiseksit http://goo.gl/0ePRk

Ter tempo livre hoje em dia geralmente é raridade e existem tarefas que nós devemos realizar todos os dias. Uma delas é arrumar a bagunça que os filhos fazem a todo o momento. Mas como organizar um espaço onde as crianças possam brincar e guardar objetos e brinquedos?

Uma dica é arrumar os brinquedos ou materiais escolares em caixas coloridas, que podem ser encontradas até em papelarias. Elas facilitam o armazenamento dos objetos e ainda decoram o local. "Quando as caixas são bem coloridas elas adornam o espaço da criança e é possível ensinar o filho a guardar os seus pertences. É importante para os filhos aprenderem a serem organizados desde pequenos", afirma a decoradora Teresa Plaza.

Mas se você não quiser comprar as caixas prontas você pode criá-las e personalizá-las. "Para os brinquedos maiores você pode utilizar caixas de madeira, as de feira mesmo. Depois de lixadas e pintadas ficam lindas", orienta o designar de interiores Erinaldo Lucena.

Para guardar objetos pequenos e pessoais, como chupetas, babadores e toalhinhas, uma boa pedida são os plásticos com tampa. Para os papéis os melhores recipientes são as pastas de papelão ou plásticas coloridas e com etiquetas. Já para os objetos escolares e pequenos, como tesoura, cola e lápis de cor, é possível guardá-los caixas de sapatos personalizadas. Os livros e os outros materiais escolares podem ser organizados em estantes de madeira ou plástico.

Independente do recipiente em que os objetos serão arquivados o ideal é que eles estejam separados por alguma característica em comum, como o material que são feitos ou o tamanho que possuem. Os bichos de pelúcia, por exemplo, não devem ser guardados junto com os brinquedos musicais e estes devem estar separados dos materiais escolares. "Essa organização ajuda a criança a desenvolver um senso de localização, de organização e de independência", explica o designer de interiores.


Para não descaracterizar o espaço infantil, Erinaldo explica que é possível fazer usos das cores e de etiquetas coloridas e explicativas para colocar nos arquivos. "Para a catalogação dos objetos podem ser utilizadas as etiquetas em E.V.A. para identificar cada recipiente. Por exemplo, bichinhos, se for a caixa das pelúcias, e carros para os carrinhos. O que pode ser utilizado é remeter uma cor para cada ‘tema’ dos brinquedos guardados e ensinar a criança essa forma de associação."

Não é necessária muita coisa para organizar o espaço do seu filho, apenas dedicação e criatividade.

Por Flávia França (MBPress)

Comente