Brinquedos educativos, aposte neles!

A fase da pré-escola é muito importante para a formação das crianças, pois é no período de zero a seis anos de vida que elas mais adquirem informações. Entre milhares de opções de brinquedos nas prateleiras das lojas há uma categoria muitas vezes desprezada por alguns pais: os brinquedos educativos.

“Se você tiver o lúdico acompanhado da parte pedagógica, fortalece o aprendizado da criança”, declara Tânia Vidal, diretora do Colégio Clip, localizado em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Como os alunos aprendem mais nos momentos de distração, é importante valorizar os materiais que eles utilizam nessas horas. “Assim, não fica a brincadeira pela brincadeira. Tem um objetivo, algum atrativo a mais”, explica a diretora.

De acordo com a pedagoga Sandra Daidone, por meio das brincadeiras as crianças fazem associações que ajudam no aprendizado. Além disso, os educadores conseguem traçar as características de cada aluno. “É assim que captamos as dificuldades e problemas das crianças”, diz a especialista.

Nestes casos, os brinquedos educativos não só distraem como também auxiliam no desenvolvimento. “Essas coisas de pegar e montar estimulam o raciocínio lógico”, afirma Sandra.

A diretora Tânia Vidal concorda com a pedagoga. “Os brinquedos lúdicos estimulam a parte cognitiva (da inteligência)”, afirma. Entre os auxiliares neste aprendizado estão fantoches, fantasias, brinquedos de montar e blocos lógicos.

“Com as fantasias e fantoches, as crianças soltam a imaginação, colocam tudo o que pensam para fora. Elas vivenciam uma história e entendem bem melhor”, garante Sandra Daidone. Já os blocos lógicos, segundo a pedagoga, são indispensáveis na época da alfabetização. “Eles têm letras e estão divididos em pedacinhos. Com os blocos, a criança começa a entender soma e subtração. Os brinquedos de colocar e tirar ajudam os alunos a enxergar os resultados das contas”, completa.

Esqueça um pouco os brinquedos da moda e pesquise outros mais interessantes para seus filhos. Tente estimular o interesse por esse tipo de brincadeira. Vale a pena!

Fonte - MBPress

Comente