Atividade física melhora o desempenho escolar

Atividade física melhora o desempenho escolar

Volta às aulas e às atividades das crianças e chega então a hora de escolher a melhor atividade física para eles. Além de prevenir a obesidade e as doenças cardiovasculares na vida adulta, promover a socialização e ensinar bons hábitos de vida, pesquisa recente apontou que crianças que praticam esporte possuem melhor desempenho escolar.

Uma pesquisa afirma que crianças que praticam atividade física alcançam melhores avaliações cognitivas, ou seja, é como se conseguissem prestar melhor atenção na sala de aula e nos estudos em casa. O pediatra Jose Luiz Setubal, do Hospital Infantil Sabará, explica que nadar, pedalar, jogar bola são atividades que melhoram a oxigenação cerebral, a comunicação entre as células nervosas e as sinapses. "Por meio de variáveis fisiológicas é possível provar que a atividade física interfere no metabolismo, no aumento do fluxo sanguíneo e até na atividade elétrica do cérebro", explicou o médico.

A prática do esporte deve ser estimulada na criança de forma lúdica, segundo o pediatra. Ele afirma que os pequenos devem ter prazer e se divertir praticando esporte. Também é preciso levar em conta as fases do desenvolvimento. A maturidade biológica deve ser respeitada e como varia para cada criança, é importante antes consultar um médico para identificar o ritmo biológico de crescimento de cada jovem.


Até os 3 anos, a criança está em pleno desenvolvimento motor, deve-se incentivar atividades como brincadeiras. Dos 4 aos 7 anos, é aconselhável que elas corram, pulem, subam em brinquedos. Dos 8 aos 11 anos, já é possível optar por um esporte favorito, mas sem competição para evitar conflitos emocionais. Dos 12 aos 14 anos, pode ocorrer o início do treinamento profissional, visando resultados, cuidados para evitar lesões e sobrecarregar os grupos musculares.

Por Catharina Apolinário

Comente